O Desenvolvimento do Bebê Prematuro

0

Bebês que nascem prematuros necessitam de cuidados especiais em relação a outros bebês: isso porque são mais sensíveis e, como utilizam toda sua energia para realizar atividades como comer, crescer e bloquear luz/sons intensos, resta pouca energia para a interação social. Assim, o desenvolvimento do bebê prematuro pode ser mais lento e longo.

Desenvolvimento do Bebê Prematuro

Desenvolvimento do Bebê Prematuro

Os bebês prematuros são classificados em dois grupos: o grupo de prematuridade engloba bebês com idade gestacional de 28 semanas ou mais, porém inferior a 37 semanas; o grupo de prematuridade extrema engloba os bebês que não atingiram 28 semanas de idade gestacional.

O desenvolvimento do bebê prematuro não pode ser comparado ao de outros bebês: é um desenvolvimento longo e lento. Quando acabam de nascer, eles tendem a dormir durante a maior parte do tempo e não responder a contatos visuais nem toques.

Características do Bebê Prematuro

O bebê prematuro encara diversas dificuldades após o momento do parto, tais como: dificuldade em respirar, muito frio, dificuldade em realizar qualquer tipo de atividade, dificuldade em sugar o leite materno e perda de peso.

Isso ocorre porque o desenvolvimento cerebral do bebê foi interrompido no momento que ele nasceu precocemente, ocasionando alterações em seu comportamento. Por isso, é importante manter uma rotina que lhe cause o mínimo de desconforto.

Algumas das características físicas que o bebê prematuro apresenta são: veias visíveis, pouca massa corporal, cabeça maior que o restante do corpo, orelhas moles e sensíveis, unhas quase inexistentes, sucção e deglutição fracas ou ausentes.

Como Lidar com o Desenvolvimento do Bebê Prematuro

Para evitar que o bebê cresça com sequelas, existem algumas atitudes que devem ser tomadas pelos pais como estímulo para o desenvolvimento saudável do bebê. Estar presente na vida do filho recém-nascido a maior quantidade de tempo possível é primordial para seu desenvolvimento.

Manter contato com a pele do bebê e estimulá-lo com as mãos é muito importante para criar relações afetivas. Conversar, cantar, pegá-lo no colo, são atos que estimulam muito o desenvolvimento do bebê prematuro.

É de extrema importância manter um ambiente saudável e evitar ao máximo que o bebê passe qualquer tipo de estresse, mesmo depois que ele receber alta e estiver em casa. Evite lugares que possam sobrecarregar o bebê, para evitar esforços excessivos.

Transmitir segurança e estabilidade ao bebê prematuro também é papel essencial dos pais para seu desenvolvimento cerebral; ajudá-lo na realização de tarefas simples, criar uma rotina e até mesmo a maneira cuidadosa de segurá-lo e posicioná-lo são métodos que transmitem essa segurança.

Além desses cuidados, não se entristeça se o bebê não demonstrar afeto, desviar olhares ou não responder aos seus atos afetivos: respeite seu tempo. Logo ele estará pronto para maiores interações sociais! Ele indicará quando estiver preparado para receber maiores estímulos.

Como Saber Quando o Bebê Prematuro está Pronto para Maiores Interações

Após o parto, inicialmente, o bebê indica vários sinais de seu nascimento precoce. Esses sinais demonstram o quanto é importante respeitar o tempo do recém-nascido, até que esteja preparado para responder a maiores interações sociais.

Alguns desses sinais são: aceleração e pausas na respiração, cor da pele pálida ou avermelhada, soluços, bocejos, imobilidade, extensão das pernas/braços, agitação contínua, sustos, contrações, movimentos súbitos, sono excessivo e desvio de interações sociais.

Entretanto, depois de algum tempo, é possível notar o desenvolvimento do bebê prematuro, quando ele estiver preparado para reagir a interações e informações.

A cor da pele se estabiliza, assim como sua respiração. Ele já conseguirá manter o olhar fixo em um objeto, assim como nos rostos das pessoas, e será capaz de dormir um tempo adequado, sem excesso. Dessa forma, quando acordado, o bebê terá energia para absorver informações e realizar suas atividades cotidianas, sem tanto esforço.

A função primordial dos pais é manter a paciência desde o momento do nascimento, quando o bebê permanecerá internado nos casos de prematuridade, até a chegada em casa e os cuidados posteriores: essa segurança será transmitida ao filho, e será essencial em seu desenvolvimento.

O Desenvolvimento do Bebê Prematuro
5 (100%) 115 votes

Dúvidas e Sugestões Aqui: