Neurodesenvolvimento Infantil

0
653

A mudança orgânica, física e corporal de um bebê, criança, adolescente e adultos faz parte de um estágio natural do desenvolvimento do ser humano, entretanto, em algumas circunstâncias e por motivos patológicos algumas crianças não desencadeiam alguns desses processos do neurodesenvolvimento infantil.

Transtornos do Neurodesenvolvimento Infantil

Os transtornos começam a ser notados no início do desenvolvimento intelectual, ao ingressar a escola e que acabam desta forma, acarretando prejuízos que variam de limitações globais até transtornos mais específicos causando um rebaixamento nos relacionamentos interpessoais, acadêmicos e sociais, envolvendo outras crianças.

Neurodesenvolvimento Infantil

Segundo o DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais) os transtornos de desenvolvimento são definidos por três características específicas:

  • Início da Infância;
  • Atraso no processo de desenvolvimento do sistema nervoso central;
  • Apresenta um desenvolvimento inalterável, bastante comuns em outros transtornos mentais;

A seguir , iremos analisar os tópicos anteriores de neurodesenvolvimento, de forma que seja de fácil entendimento ao leitor e compreensão do assunto:

Analises do Neurodesenvolvimento

  • Grande parte dos transtornos mentais desenvolvem as primeiras sintomatologias no início da infância, entretanto, nem todos podem ser diagnosticados nesse período.
  • Transtornos como esquizofrenia e transtornos de personalidade, por exemplo, pois são períodos em que intercalam remissão e recorrências, existindo altos e baixos.
  • O atraso no processo de neurodesenvolvimento infantil que se relaciona ao sistema nervoso central indica traços biológicos, genéticos e contextos culturais, entretanto ainda não há provas concluintes em relação a esses estudos e comprovações científicas.
  • Uma criança com transtornos de neurodesenvolvimento é desprovida de um comportamento alterável, estando ela em qualquer contexto, ela sempre manterá determinada atitude, diferentemente do que ocorre com outros transtornos, dos quais apenas sintomas se manifestam nesse período.

Eles consistem em uma flutuação de recorrências de comportamentos, podendo haver situações cujo o transtorno estará ativo, mas em outros momentos não. Ao contrário de uma criança com dislexia, por exemplo. Ela não consegue ler nem ao lado dos pais e nem na escola, outras crianças podem ler ao lado dos pais e não na escola, isso não decorre de um problema de neurodesenvolvimento infantil, mas sim, relacionado ao contexto.

Neurodesenvolvimento Infantil

Os Transtornos de Neurodesenvolvimento Infantil mais Comum

Autismo – Segundo o Manual de Saúde Mental – DSM-5, o TEA (Transtornos do Espectro Autista), está relacionado com problemas no desenvolvimento da linguagem, em processos de comunicação, que está diretamente ligado a um relacionamento interpessoal e social da criança. Não existe uma cura para o autismo, mas o transtorno pode ser trabalhado, adequado e reabilitado para que o paciente passa a ter um convívio social mais adequado. Em questão de dúvidas, entre em contato e marque uma consulta.

TDAH – O Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade atinge a região frontal e suas ligações com o restante do cérebro gerando a falta de atenção, desinteresse, impulsividade e principalmente inquietude. Como também não é uma doença, o transtorno não tem cura, mas sim um tratamento, através a princípio de uma avaliação de um neuropediatra. Em questão de dúvidas, entre em contato e marque uma consulta.

Dislexia – Caracterizada como um transtorno neurobiológico, a criança portadora tem dificuldade no reconhecimento da palavra, na decodificação da palavra e a sua soletração. Os sinais aparentes são dispersão, fraco desenvolvimento da atenção, atraso do desenvolvimento da fala e da linguagem e dificuldades de aprender rimas e canções.

Finalizando

O que faz um neurologista Infantil?

Esses são apenas três de muitos outros transtornos dos quais acontecem com crianças que estão no processo de neurodesenvolvimento infantil. É importante ficar o mais atento possível a algumas atitudes consideradas anormais e levar a um neuropediatra, que poderá avaliar melhor os sintomas com o auxílio de exames que devem contribuir para um diagnóstico correto, trazendo orientação para o melhor tratamento.

Neurodesenvolvimento Infantil
5 (100%) 63 votes
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here