Um estudo recente realizado na Universidade de Saúde e Ciência do Oregon, nos Estados Unidos, estabeleceu uma associação entre inflamações na gravidez e o desenvolvimento cerebral dos bebês. A pesquisa afirmou que as inflamações pode provocar alterações na organização e na memória dos recém-nascidos.

Inflamações na Gravidez e o Desenvolvimento Cerebral

As inflamações, em geral, tratam-se de uma resposta natural do corpo às infecções. Quando ocorrem em mulheres grávidas, podem aumentar os riscos de distúrbios mentais e de alterações no desenvolvimento cerebral do bebê. Um exemplo são as infecções causadas pelo Zika vírus, que podem culminar na microcefalia.

Inflamações na Gravidez e o Desenvolvimento Cerebral – Estudo

O estudo foi realizado com base na análise de amostras de sangue de 84 gestantes, durante todos os trimestres da gravidez, através de indicadores de inflamação.

Um mês após o nascimento dos bebês, foram feitas imagens de seus cérebros através de ressonância magnética, e os pesquisadores analisaram suas conexões cerebrais.

Aos dois anos de idade, a memória destas crianças também foi avaliada – a memória trata-se de uma importante habilidade que é comumente comprometida quando ocorrem transtornos mentais.

Resultados do Estudo

Os resultados do estudos indicam que diferentes níveis de inflamação na gravidez estavam diretamente relacionados a alterações na comunicação cerebral do recém-nascido, assim como no desenvolvimento de sua memória, aos dois anos. Quanto mais altos os níveis de inflamação, menor a capacidade da criança de trabalhar sua memória.

Este dado não significa que toda inflamação na gravidez resultará em impactos negativos no funcionamento cerebral da criança.

Entretanto, estes resultados podem auxiliar no desenvolvimento de novas possibilidades de tratamento que impeçam os impactos negativos no desenvolvimento cerebral dos bebês, assim como abrir caminho para novas pesquisas, que detectem como e em quais casos as inflamações na gestação podem prejudicar a aprendizagem e a saúde mental do bebê, a longo prazo.

Níveis de Inflamações na Gravidez e o Desenvolvimento Cerebral – Fatores de Impacto

Elevados níveis de estresse e má alimentação são considerados padrões no estilo de vida atual, mas impactam significativamente nos níveis de inflamação, tanto das gestantes quanto da população em geral.

Da mesma forma que é necessário entender como o sistema imunológico e as inflamações na gravidez afetam o neurodesenvolvimento infantil, também é necessário ter a consciência de que existem fatores capazes de agravar os níveis de inflamação, para que possamos evitá-los e focar em tratamentos que auxiliem na redução destes impactos.

Os pesquisadores acreditam que estudos futuros terão foco em como os fatores pré e pós-nascimento – tais como o ambiente social em que a gestante está inserida – podem impactar negativamente no funcionamento cerebral de recém-nascidos.

O acompanhamento médico durante a gestação é fundamental para a saúde da mulher e do bebê. Diante do surgimento de dúvidas, converse com o ginecologista de sua confiança.

Inflamações na Gravidez e o Desenvolvimento Cerebral
5 (100%) 1 vote

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here